Páginas

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Imigrantes...

Vou colocar mais um trechinho de poema que gostei, chama Imigrantes e é do Pe. Alfredo J. Gonçalves:

"Teimosos, voltam a erguer-se o sonho e o migrante; 
Nas asas do vento, vencem ambos o caminho;
O sonho se faz raiz, se faz broto e se faz tronco,
Se faz árvore, se faz flor e se faz fruto;
No chão de uma nova pátria planta raízes,
Que hão de forjar uma cidadania sem fronteiras,
Onde acima da raça, língua ou cultura, está a VIDA."


Por falar em forjar, lembrei de um outro poema, este mais conhecido, do João Cabral de Melo Neto. Ele confere à palavra "forjar" um sentido bem mais amplo e enaltece a beleza de "forjar uma cidadania sem fronteiras", do poema acima...

Você sabe o que é forjar? O Ferrageiro de Carmona, explica:


"Um ferrageiro de Carmona,
que me informava de um balcão:
"Aquilo? É de ferro fundido,
foi a forma que fez, não a mão.

Só trabalho em ferro forjado
que é quando se trabalha ferro
então, corpo a corpo com ele,
domo-o, dobro-o, até o onde quero.

O ferro fundido é sem luta
é só derramá-lo na forma.
Não há nele a queda de braço
e o cara a cara de uma forja.

Existe a grande diferença
do ferro forjado ao fundido:
é uma distância tão enorme
que não pode medir-se a gritos.

Conhece a Giralda, em Sevilha?
De certo subiu lá em cima.
Reparou nas flores de ferro
dos quatro jarros das esquinas?

Pois aquilo é ferro forjado.
Flores criadas numa outra língua.
Nada têm das flores de forma,
moldadas pelas das campinas.

Dou-lhe aqui humilde receita,
Ao senhor que dizem ser poeta:
O ferro não deve fundir-se
nem deve a voz ter diarréia.

Forjar: domar o ferro à força,
Não até uma flor já sabida,
Mas ao que pode até ser flor
Se flor parece a quem o diga."

Lindo, né?!

5 comentários:

  1. Uma parte do texto ficou branca, ruim de ler.

    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... to arrumando aqui... rs
      Obrigada!

      Excluir
  2. Liiiiindo!!! Estive em Sevilha em março mas nã subi ao topo da Giralda.... Depois me arrependi mas agora só na próxima vez.... . O poema deu saudades e emoções ! :)
    Fui no arquivo rever as fotos que fiz por lá... :) Otimo post, adorei! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei lindo... fiquei com vontade de conhecer ao vivo! One day... ;)
      Beijão pra vc!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...